domingo, 5 de julho de 2009

Mais más noticias / Some bad news

dsc_0163-4

Já há algum tempo andava a desconfiar que alguma coisa não estava bem. As crostas nas orelhas, a falta de vivacidade mas sobretudo a perda de peso faziam-me pensar que alguma algo de mal se passava com a Maria Antónia. Esta semana resolvi-me e levei-a à clínica onde se fez a colheita de sangue para análise. Os resultados já chegaram e confirmaram as minhas suspeitas, Leismaniose...
Para quem não sabe a leismaniose é uma doença crónica, causada por um protozoário transmitido pela picada de determinada espécie de mosquito. Como doença crónica que é não tem cura embora grande parte dos animais tratados respondam bem e vivam sem sintomas durante bastante tempo. No entanto o risco de recaídas é grande e muitos animais acabam por morrer ou ser eutanasiados devido a complicações (principalmente insuficiência renal).
Para já a Maria Antónia está a responder bem ao tratamento, já está mais bem disposta e já ganhou peso. Se tudo correr bem ainda temos cadela por uns anos.

She has been loosing some weight lately and at first I thought nothing of it. It wasn't until she started having these crusts on her ears and looking a lot older and tired that I started thinking there was something definitely wrong with her. I took her to the clinic for some blood work and my suspicions were confirmed. She has sandfly fever or leishmaniosis if you rather call it by its technical name. Leishmaniosis is a cronical disease, meaning it can be treated but not cured, so she must stay on medication for the rest of her live. Most dogs evolve very well and live with it several years, some, however die (or are put down) from complications like renal insufficiency.
She's been under medication for a few days and already she's feeling better (we can see that she's a lot happier) and gain some weight, so things are looking pretty good and I'm counting on having her around for a few more years.

21 comentários:

Katie disse...

I think it's good news that she is feeling better! :D

greenman disse...

Espero que tudo corra bem com ela.
A sua recuperação é um bom sinal.
As melhoras rápidas!

Viooltje disse...

I think it's good news she has such a good carer in first place. Oh poor lil thing. If she already feels better, I'm sure she has a lot more years to live as your senhora da casa. Best wishes to Maria Antonia!

Luisa Moreira disse...

Tudo há-de correr bem! está em boas mãos, tem trtamento e carinho!
A Maria Antónia vai voltar a ser a alegria de todos.
Um Abraço

Lisa at Greenbow disse...

Poor Maria, I hope she gets to feeling much better. I know how you feel though. Luna (my dog) has a bad heart and takes medication every day, twice per day. She is happy and enjoying life. This is what we hope for.

ameixa seca disse...

Fogo Gintoino, que má onda! O Matias lá foi ao veterinário também. Tenho que me resignar que tenho um gato epiléptico. Dobrou-lhe a dose de luminaletas e deu-lhe uns comprimdos cor de rosa, para tomar meio durante 4 dias. Felizmente resultou e está sem ter ataques desde sexta-feira à tarde. Tinham lá um cãozinho igual à Maria Antónia, a dormir aos pés da menina da recepção :)
É uma angústia tremenda ver os nossos amigos doentes. Espero sinceramente que a Maria dure muitos anos e com qualidade de vida :)

Yolanda Elizabet Heuzen disse...

Poor Maria Antonia, such a sweet little doggy being very ill. So glad she is feeling much better now and I hope you will both enjoy each other's company for many years to come!

Gi disse...

As melhoras da Maria Antónia, fico contente por ela estar a responder ao tratamento.

Marta Chaves disse...

Lamento saber, é sempre triste uma noticia desta. Por outro lado, é muito bom saber que a Maria Antónia está em boas mãos e que estarás sempre a seu lado. Isso é o mais importante... Coragem para ambos! Tudo irá correr bem, o melhor possível.

MAYBELLINE disse...

Wonderful. Pets are such a special additon to our lives. She's lucky to have you looking out for her. I'm sure she returns the favor.

analuciana disse...

Desejo muito as melhoras dela!

Matron disse...

I'm glad Maria is feeling a little better, it must be a worry for you! Just look at all these wellwishers online!

gintoino disse...

Obrigado a todos pelos comentários. Por agora a coisa parece estar a correr bem e ela está muito mais feliz.
Thank you everyone for your comments and best wishes. She seems do be doing fine and I think we will pull trough.

Sandra disse...

As melhoras da Maria, que se dê bem com os tratamentos e que viva ainda mais alguns anos!

Jokitas
Sandra C.

Rowena... disse...

I am so sorry to hear this...I had to look it up as this is the first time hearing of the disease.

Hang in there Maria!

gintoino disse...

Rowena, living in Italy i would expect you to have the disease that too. It's a mediterranean disease...

Luisa Moreira disse...

Como está a Maria Antónia a reagir?

Cris Bolbosa disse...

Bolas, assim que entrei aqui passado este tempo todo, foi um choque saber da doença da Maria Antónia. Cá em casa todos temos uma ternura pela Maria Antonia, talvez pelo seu nome, não sei. Espero que ela consiga recuperar-se. Neste caso é impensável aplicar-se o ditado "em casa de ferreiro....". Vê lá, que essa cadela merece muito carinho.
Lembras-te da minha Milú? Passado pouco tempo de nos termos mudado, apanhou uma infecção e não resistiu. Fiquei muito marcada com a perda da Milú.
Agora temos um Nico, que apareceu por aqui (alguém o achou e como não podia ficar com ele, ficámos nós), mas ao fim de seis meses, ainda não me consegui afeiçoar ao bicho.
Cuida bem da Maria Antónia:)
Uma bjca

gintoino disse...

Luisa Moreira, tudo parece estar a correr bem. Ela está mto mais bem disposta e a ganhar peso.

Cris, há quanto tempo! A Maria Antónia está a recuperar e há de ficar bem. E por aí como vão as coisas?
Tadinha da Milu :-(

chuck b. disse...

I'm glad they can do something for her. What a cutie!

Ana Ramon disse...

Quando morava na zona de Cascais,tive dois cães que me vieram a morrer com leishmaniose. Mas na altura ainda a medicina veterinária andava sem saber o que fazer com essa maldita doença. Quando me mudei para aqui fiquei toda contente por ter abandonado um lugar que só trazia problemas para os cães. Qual foi o meu espanto ao me aperceber que aqui é igual devido à proximidade da Barragem da Aguieira que dá cobertura á proliferação deste mosquito.Já tive dois cães doentes. Um morreu pouco depois mas o outro está a resitir optimamente porque detectámos logo no início. Estamos de tal maneira traumatizados que quando é a altura das vacinas pedimos para ser feito o teste à leishmaniose. E foi num desses testes que soubemos que o Baco estava infectado mesmo sem ter sintomas nenhuns da doença. E está um cão feliz, vívendo para o momento das refeições, como sempre, e com um aspecto saudável.
Vais ver que a vossa Maria Antónia também poderá safar-se bem. É preciso confiar.
Um beijinho grande