quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Horta





Desde há muito tempo que este era um projecto adiado, ora porque não tinha tempo, ora porque estava calor, ora porque estava frio, ora porque a preguiça me impedia de o levar adiante. Desta vez decidi-me e vai daí resolvi dar inicio à minha horta. Neste momento é uma coisa muito pequena, feita encima do joelho, mas é um inicio (o inicio que eu precisava). Andei a investigar, a perguntar a quem sabe, a ler por aqui e por ali e cheguei à conclusão que, ao contrario do que eu inicialmente pensava, o Outono é uma excelente época para se começar uma horta. Vai daí, toca a comprar sementes, trabalhar a terra, improvisar uma vedação (que os cães acham sempre boa ideia escavarem os canteiros recém semeados) e semear, semear, semear!
Acabei com sementeiras de ervilhas, alfaces, couves, bróculos, cenouras, alhos, cebolas, nabos e favas. Disto tudo já nasceram as ervilhas de quebrar, os alhos, as alfaces, e as couves. Vamos ver como é que a coisa segue...

4 comentários:

Paulo disse...

Inspiração da Catalunha?

Vamos ter muitas sopinhas e saladas.
Os tempos que se aproximam anunciam-se saudáveis.

Boa horta.

gintoino disse...

paulo, na verdade as ervilhas foram semeadas antes da ida a Barcelona, mas confesso q aquela horta me inspirou a continuar o trabalho

Jardineira aprendiz disse...

Agora ao olhar para essas belezas recém-nascidas, e lembrando-me de algumas frustrações recentes resolvi deixar-te um conselho: coloca muitas armadilhas para caracóis e lesmas! Eu sei que o Algarve é mais seco do que aqui, mas um bicho esfomeado faz um estrago considerável numa noite. Há tempos tinha vários lotes de sementes a germinar e eles atiraram-se exactamente às mais preciosas e caras. (Vá-se lá saber porquê) :)

ez disse...

Adoro hortas!!! Já fiz muitas, mas agora, infelizmente, o terreno (que está a 100km de Lisboa) está baldio...