domingo, 25 de novembro de 2007

A beleza de uma daninha


Elas estão por todo o lado, crescem por quase todo o jardim, por mais que eu as arranque, que escave para retirar os bolbos da terra acabam sempre por voltar. Todos os outonos, com o inicio das chuvas folhas de Arisarum vulgare irrompem por todo o jardim. Eu não lhes dou descanço e raramente os deixo crescer o suficiente para florirem. No entanto de vez em quando lá encontro uma flor a brotar, e mesmo antes de a arrancar não posso deixar de a achar bela...

3 comentários:

Paulo disse...

Essa daninha é tão bonita que é uma pena arrancá-la.

Cris Bolbosa disse...

Gintoino, por vezes nem damos importância às plantas da nossa terra, mas ao ver a imagem delas assim, até nos sentimos orgulhosos de tê-las cá. Pode ser uma planta invasiva, até incomodativa, pois não para de aparecer por todo lado apesar de a arrancares, mas deixa ficar algumas, assim preservas a espécie. O ano passado apareceu-me no jardim um Ranunculo, a semente deve de ter sido trazida pelos pássaros ou pelo vento, nunca tinha visto cá. Deixei-a ficar, deu unas flores amarelinhas. Agora, apareceu uma outra mais adiante.
Cris

gintoino disse...

paulo, pois é...mas se n fizer qq coisa qq dia tenho o jardim coberto delas, são muito invasivas!
cris, n sei se me vou preocupar muito com apreservação desta especie no meu jardim...ela é demasiado comum nos campos aqui em volta...;-)