quarta-feira, 10 de outubro de 2012

No galinheiro/ In the chicken pen


DSC_0050

Esta semana tenho andado a retirar composto do galinheiro. É verdade, composto. Em vez de retirar a palha com as fezes das galinhas para o compostor optei por deixar o processo acontecer "in situ". Não só poupo o trabalho de revolver o composto (as galinhas tratam disso) como aproveito muitas das coisas que iriam para o compostor para alimentar as galinhas.

I recently discovered a now way of composting. I call it chicken compost. Instead of removing the straw and bird feces into the composter bin I just leave it there until its ready. It is a lot easier, since I don't have to revolve the compost bin (the girls do it), a lot faster and saves me some money on chicken feed (chikens will eat most of what you normally trow in the bin)

DSC_0023-002

 Depois é só pegar numa pá e tirar o composto para a horta (utilizo uma peneira para retirar as pedras e os pedaços maiores e ainda não decompostos).

A few months later I only have to shovel the compost into a bucket and use it in the garden.

DSC_0020-001

DSC_0022-001

E  já que estamos no galinheiro vamos falar sobre as miúdas (já há muito que não falava nelas). Houve duas baixas durante este ano (a Lola e a Conchita) devido a um infeliz acidente envolvendo os cães. Entretanto temos dois novos habitantes. Duas das miúdas ficaram chocas e eu deixei-lhes alguns ovos a ver se nascia algum pinto. Nasceram dois!

And since we are talking about the girls, there are some news in the chicken pen. We lost two of the girls in a an unfortunate accident involving the dogs. On the bright side we had two chicks that were born this summer.

DSC_0003-004

Infelizmente um deles é um macho, o que nos levanta um problema. Não podemos ter dois galos no mesmo galinheiro nem queremos ter outro galinheiro, assim provavelmente o novo frango é capaz de ir parar à panela.

Unfortunately one of them is a male which means he probably will have to be culled (two roosters in one pen is not a good idea)

DSC_0030-001

5 comentários:

horticasa disse...

Que lindas galinhas, eu também comecei agora a experiência e está a correr bem, as minhas também são pretas o que levantou um problema, o meu filho diz que são galinhas de bruxa... onde é que se viu uma coisa destas, superstições nesta altura..

Rui Esteves disse...

Viva Alexandre,

Eu tenho varios galos no galinheiro todos filhos do mesmo galo!E esse galo veio daí do algarve(Faro) e é da raça Marans Até ver tudo bem!

Cumps

Cathy disse...

O frango dará um belo galo pedrês! Por aqui diz-se que são dos mais atiradiços (para picarem) às pessoas...
Pode ser que esse não seja assim...

Dalva M. Ferreira disse...

Perfeito entrosamento com a natureza.

Jose Santos disse...

Esse casal preto é muito bonito!!