terça-feira, 14 de agosto de 2007

Cigarras


Desde miudo que as cigarras são para mim um animal mitico. Algo de que se sabe que existe porque se ouve falar nele, ou neste caso porque se ouve o som que emite. Desde sempre que associo esse som ao inicio do verão, aos primeiros dias de calor sufocante onde a unica coisa que apetece fazer é estar sentado à sombra com uma bebida fresca a ouvir o som das cigarras. No entanto nunca vi nenhuma, mesmo quando me aproximava pé ante pé o raio do bicho dava sempre por isso calando-se imediatamente e tornando virtualmente impossivel a sua localização.


Qual não então a minha surpresa quando, ao sair para regar os vasos que estão no alpendre deparei com uma cigarra em cima da mesa. Estava ali! O animal que tantas vezes tinha tentado ver em vão estava ali, como que à minha espera. Passada a surpresa inicial corri a buscar a camara e fotografei, fotografei até não poder mais de todos os angulos, ao perto, ao longe,de frente, por trás... não podia correr o risco de não ficar pelo menos com uma fotografia boa, afinal sabe-se lá se, e quando é que outro encontro destes acontecerá!

5 comentários:

Greenman disse...

É também a primeira que vejo.
Sabemos sempre que estão lá pelo seu canto preguiçoso mas nunca se vêem...

E são muito bonitas!!!

Cris Bolbosa disse...

Também nunca vi nenhuma ao vivo e a cores.
A foto está optima, obrigada por nos apresentares a Sra D Cigarra.
Cris

Luciano disse...

ora então ela é isso!
fantástico.

Rafael Abreu disse...

nossa... impressionante essas fotos! Que camera e lente vc usa?

gintoino disse...

greenman, são bem bonitas. Reparaste nas asas? Parecem filigrana!
rafael, a minha mauina é uma normalissima panasonic Z2 (tem função macro, q permite fazer este tipo de fotos com alguma qualidade)
cris, luciano, agora já conhecem a "cara" por trás do canto de verão ;-)