domingo, 7 de agosto de 2011

Tesouros escondidos / Hidden treasures

DSC_0024-27
Melão "Pele de Sapo"/ "Toads Skin" melon


Uma coisa que todos os anos me surpreende nos melões é a capacidade de aparecerem de um dia para o outro. Um dia não está lá nada, por mais que se procure, e no dia seguinte, ao arrancar uma erva, lá está ele já crescidinho.

One thing that is always surprising when growing melons is their ability to grow fruits overnight. One day there were none (well, you've spent half hour looking for them and you didn't find them, so they couldn't be there) and the next day, while weeding, you find half a dozen of them.

DSC_0032-23
Melão "Opal Kugel" / "Opal kugel

DSC_0034-21
Melão "Luneville"/"Luneville" melon

DSC_0035-21
Melão "Gurbek"/"Gurbek" melon

Foi assim esta manhã, sem querer encontrei uma serie deles. Ontem não estava lá nada, posso garantir. Fartei-me de procurar!

That was exactly what happened this morning.

DSC_0041-17

Com as melancias passa-se mais ou menos o mesmo, mas estas são ainda mais manhosas. Chegam a criar pequenos frutos, que dias depois abortam, só para nos distrair. Enquanto isso, escondidas pelas folhas crescem os outros frutos, os que nos vão surpreender quando os encontrarmos por acaso ao arrancar as ervas.

Watermelons are even sneakier. They will do everything to confuse you. The female flowers are very difficult to find and most of the time when you find them they are growing tiny fruits that will invariably die in a few days (leaving you heartbroken). Meanwhile underneath the leafs they will grow one or more fruits so they can surprise you one morning with an almost mature size fruit.

DSC_0038-20
Melancia "Verde Escura"/ "Dark green " watermelon

5 comentários:

horticasa disse...

É lindo ver a natureza e surpreendermo-nos com ela. bj eugénia

Maria Tereza disse...

Tesouros mesmo!
Pelo jeito ficarão prontos para comer todos juntos.
Pena que eu não possa ajudá-lo a fazer isto.

Rosarinho disse...

Mas que belas surpresas :)

A horta d`avó disse...

O que eu queria comentar neste artigo é o seguinte: Alexandre, não se se lembra, mas quando lhe enviei as sementes avisei (?) que só havia protegido as sementes de tomates e do melão de Lunéville?. Por isso, não estranhe serem diferentes dos meus.
Aliás, nem eu sei como são o Gurbek e o Opal Kugel na sua origem?... Apenas fiz fé (...) na pessoa que fez a troca de sementes comigo.
Outra coisa a salientar é o melão de Lunéville, ou seja, eu garanto que protegi as sementes colhidas em 2010, e o "engraçado" é ele ter nascido com características exteriores diferentes, em três sítios diferentes.
(conti.)

A horta d`avó disse...

Explicação: das tais sementes colhidas em 2010, e que são o resultado de eu ter polinizado manualmente, e protegido; partilhei estas sementes nas minhas ofertas.
Ora, para além do Alexandre ter cultivado esta espécie, eu, e o Rui Esteves (visitante da Horta d`Avó) também a cultivamos este ano. Quanto aos outros a quem ofereci não sei?...
Onde quero chegar é o seguinte: Vendo as imagens destes três cultivos (o meu, o seu e o do Rui), dá para perceber que são melões com características diferentes exteriores. Mas a do Rui Esteves, é exactamente como a original (e estou a referir-me à original francesa)!
Julgo que isto se deve muito simplesmente ao solo (Ph)?...
Peço desculpa pelo longo texto!
Saudações,
António